Novidades

Versão 2025.b

Data de publicação:
1 Julho 2024
Índice

Programas ou módulos novos

Pormenores construtivos. Sistemas urbanos de drenagem sustentável

A CYPE continua a apostar pela incorporação no Gerador de preços de novos módulos de pormenores construtivos, especialmente os relativos a soluções sustentáveis. Perante a crescente procura deste tipo de soluções por parte dos nossos utilizadores, implementamos nesta versão 2025.b o novo módulo Sistemas urbanos de drenagem sustentável (SUDS), onde pormenorizamos aqueles elementos construtivos que ajudam a conseguir uma adequada gestão da água da chuva em todos os tramos do seu percurso.

  • Controlo na origem, através da interseção e detenção da água quando chega à superfície urbanizada através da utilização de diferentes soluções: pavimentos permeáveis contínuos, pavimentos permeáveis descontínuos ou pavimentos desagregados e vegetais.
  • Abrandamento e condução da água pluvial o mais lento possível, através da utilização de valas drenantes, células de drenagem ou módulos de drenagem.
  • Armazenamento da água através da utilização de balsas ou depósitos associados a edificações contíguas, que recebem e armazenam a água que lhes chega da cobertura.
  • Infiltração no terreno da água da chuva através da utilização de valas, poços, caldeiras de árvores ou depósitos de infiltração.

Este módulo está disponível para todos os países que possuem Gerador de preços.

Todos os módulos de pormenores construtivos permitem aos programas "Pormenores construtivos", "Gerador de preços", "Geradores de orçamentos" e "Arquimedes" gerar pormenores construtivos minuciosamente adaptados à seleção de parâmetros realizada no Gerador de preços. Os pormenores gerados podem ser impressos e exportados para ficheiros de diferente formato (HTML, PDF, RTF e DOCX) para que possam ser adicionados ao projeto que se está a realizar. Além disso, os programas Pormenores construtivosGeradores de orçamentos e Arquimedes permitem exportar os pormenores para DXF e DWG.

A maioria dos pormenores construtivos do módulo "Sistemas urbanos de drenagem sustentável" está disponível quando o tipo de obra selecionado nos programas Gerador de preços, Pormenores construtivos e Arquimedes é "Espaços urbanos". No entanto, o referido módulo também inclui alguns pormenores para o tipo de obra "Obra nova". Na novidade "Novo módulo de pormenores construtivos. Sistemas urbanos de drenagem sustentável" pode encontrar mais informação sobre os pormenores que inclui.

CYPE Menu

Atualizar todas as aplicações

Foi implementado o botão “Actualizações” no CYPE Menu. Graças a esta ferramenta, agora é possível realizar a atualização de várias aplicações instaladas através do CYPE Menu.


Ao premir o botão "Atualizações", abre-se uma janela onde se apresenta uma lista de todas as aplicações instaladas. Podem-se selecionar algumas e, depois de premir "Aceitar", o processo de atualização é iniciado.

Durante este processo, na janela do CYPE Menu surge uma barra de progresso que indica o estado atualização.

Se houver uma atualização disponível para o próprio CYPE Menu, esta apresenta-se abaixo da lista de aplicações para atualizar. Note-se, no entanto, que a atualização do CYPE Menu é realizada de forma independente.


Esta nova funcionalidade facilita a manutenção das aplicações, o que assegura o acesso às últimas melhorias.

Alterações nas aplicações disponíveis a partir do menu

Foram realizadas as alterações indicadas seguidamente nas aplicações presentes no CYPE Menu.

Novas:

  • CYPEHVAC Schematics

  • ELODIE by CYPE (Só no CYPE Menu em francês)

Eliminadas:

  • CYPELEC Core, CYPELEC REBT, CYPELEC NF e CYPELEC RETIE. São unificadas num único programa chamado CYPELEC.

  • CYPESOUND CTE, CYPESOUND NRA, CYPESOUND RRAE, CYPESOUND DRAPDE. Integram-se no CYPESOUND.

  • CYPEURBAN. Podem-se descarregar e instalar a partir da plataforma BIMserver.center.

  • IFC Uploader. Agora podem-se adicionar novas contribuições diretamente a partir da página do projeto na plataforma BIMserver.center.

  • CYPEFIRE FDS Viewer. CYPEFIRE FDS pode utilizar-se para visualizar simulações FDS.

Conexão com o BIMserver.center

Foi adicionado um botão no CYPE Menu para “Iniciar sessão” no BIMserver.center.

Desta forma, as aplicações descarregadas também aparecem na conta do utilizador na plataforma BIMserver.center.

Instalação de aplicações em segundo plano

Na nova versão 2025.b do CYPE Menu, foi adicionada a funcionalidade de instalação em segundo plano. Agora, é possível continuar a trabalhar realizando outras tarefas enquanto as aplicações são instaladas automaticamente em segundo plano.

Durante o processo de instalação em segundo plano, apresenta-se a mensagem “Instalando o programa” junto ao botão das aplicações no CYPE Menu. Quando a instalação concluir o aviso desaparece e pode-se utilizar a aplicação.

Esta funcionalidade facilita o uso e a gestão das aplicações, melhorando a produtividade e a experiência ao minimizar o tempo de espera e as interrupções durante a instalação de novas aplicações ou atualizações.

Informação sobre o modelo de licença

Foi adicionada uma mensagem informativa no botão de instalação das aplicações para que o utilizador possa identificar, antes de proceder à instalação, que aplicações são gratuitas e quais as que necessitam de licença (incluem módulos pagos).

Esta melhoria otimiza a experiência do utilizador ao proporcionar claridade e transparência sobre as opções disponíveis segundo o seu modelo de licença.

Link para a Store do BIMserver.center

No painel de configuração de cada aplicação, foi incluída um link direto para a sua página na Store do BIMserver.center.

Ao clicar sobre o botão “Ir ao BIMserver.center Store”, o utilizador é redirecionado diretamente para a página correspondente na Store, onde pode obter más informação sobre a aplicação, consultar as suas características, ler opiniões de outros utilizadores e ver exemplos reais da sua utilização.

Esta funcionalidade facilita o acesso a recursos adicionais e suporte, melhorando a experiência do utilizador ao proporcionar um acesso rápido e simples a toda a informação relevante sobre as aplicações.

Novidades comuns a vários programas

Notificação de atualização disponível

A partir da versão 2025.b, as aplicações apresentam uma mensagem de aviso na sua janela inicial quando estiver disponível uma nova atualização. Esta mensagem apresenta informação sobre a “versão instalada” e a “versão disponível”, juntamente com um link direto à página da Store da plataforma web do BIMserver.center.

Ao clicar sobre o botão “Atualizar para a versão mais recente”, inicia-se automaticamente o processo de descarga e instalação da aplicação. Esta funcionalidade garante que se está a utilizar sempre a versão mais atualizada do software, beneficiando das últimas melhorias.

Este método substitui o processo de aviso automático e atualização de uma nova versão das aplicações do BIMserver.center disponível em versões anteriores.

Implementação de normas e melhorias na sua aplicação

Estruturas de betão

Implementação. CSA A23.3-14 (Canadá)

Canadian Standards Association: A23.3-14 Design of concrete structures.

Implementado no CYPE Connect e StruBIM Steel para a verificação de ligações a betão.

Implementação. NTC-2023 (México CDMX)

"Norma Técnica Complementaria para Diseño y Construcción de Estructuras de Hormigón".

Implementada no CYPECAD, CYPE 3D, StruBIM Cantilever Walls, StruBIM Embedded Walls e Verificação de punçoamento.

Novas normas para a verificação de nós de betão: NTC-2023 (México CDMX), NTE E.060:2009 (Perú), CIRSOC 201-2005 (Argentina) e NCh430. Of2008 -Dº60:2011- (Chile)

Na versão 2025.a foi implementado o módulo do CYPECAD "Nós de betão", que permite verificar, para determinadas normas, os requisitos de dimensionamento sísmico a cumprir pelos nós viga-pilar de pórticos de betão armado que fazem parte do sistema de resistência sísmica. Mais informação sobre este módulo pode ser consultada na nova versão 2025.a "Verificação de requisitos para o dimensionamento sísmico de nós de betão (novo módulo do CYPECAD)".

Agora, na versão 2025.b, foram incluídas mais quatro normas com as quais o CYPECAD pode verificar esses requisitos: NTC-23 (México CDMX), NTE E.060:2009 (Peru), CIRSOC 201-2005 (Argentina) e NCh430. Of2008 -Dº60:2011- (Chile). Portanto, as normas implementadas até a versão 2025.b são:

  • ACI 318-08
  • ACI 318-11
  • ACI 318-14
  • ACI 318-19
  • CIRSOC 201-2005 (Argentina)
  • Código Estructural (España)
  • Eurocódigo 8
  • NB 1225001-1:2020 (Bolivia)
  • NCh430. Of2008 (Dº60:2011) (Chile)
  • NSR-10 (Colombia)
  • NTCRC-17 (México CDMX)
  • NTC-2023 (México CDMX)
  • NTE E.060:2009 (Perú)

Estruturas de aço laminado e composto

Implementação de anexos nacionais do Eurocódigo 3 (EN 1993) no CYPE Connect e StruBIM Steel

Na versão 2025.b do CYPE Connect e do StruBIM Steel foram incorporados os anexos nacionais do Eurocódigo 3 dos seguintes países:

  • EN 1993-1-8 (Projeto de estruturas de aço. Parte 1-8: Projeto de ligações)
    • Eslováquia
      SLS EN 1993-1-8:2017/NA
    • Hungria
      MSZ EN 1993-1-8:2012/NA:2019

Implementação. ECS-ASD:2001 (Egipto)

"Egyptian Code Of Practice For Steel Construction And Bridges (Allowable Stress Design)".

Implementada no CYPE Connect e StruBIM Steel para a verificação de ligações soldadas e aparafusadas de elementos de aço.

Implementação. NSR-10 (Colômbia)

"Reglamento Colombiano para Construcción Sismo Resistente".

Implementada no CYPE Connect e StruBIM Steel para a verificação de ligações soldadas e aparafusadas de elementos de aço.

Implementação. NTC-2018 (Itália)

"Norme Tecniche per le Construzioni".

Implementada no CYPE Connect e StruBIM Steel para a verificação de ligações soldadas e aparafusadas de elementos de aço.

Implementação. NTC-2023 (México CDMX)

Norma Técnica Complementaria para Diseño y Construcción de Estructuras de Acero.

Implementada em:

  • CYPECAD e CYPE 3D para o cálculo e verificação de perfis de aço laminado e composto.
  • CYPE Connect e StruBIM Steel para a verificação de ligações aparafusadas e soldadas de elementos de aço.

Implementação. SNI 1729:2020 (Indonésia)

"Standar Nasional Indonesia: Spesifikasi untuk bangunan gedung baja struktural".

Implementada no CYPE Connect e StruBIM Steel para a verificação de ligações soldadas e aparafusadas de elementos de aço.

Ações nas estruturas. Vento

Implementação. NTC-2023 (México CDMX)

"Norma Técnica Complementaria para Diseño por Viento".

Implementada no CYPECAD.

Ações nas estruturas. Sismo

Implementação. NBDS-2023 (Bolívia)

"Norma Boliviana de Diseño Sísmico".

Implementada no CYPECAD e CYPE 3D.

Implementação. NTC-2023 (México CDMX)

"Norma Técnica Complementaria para el Diseño por Sismo".

Implementada no CYPECAD e CYPE 3D.

Open BIM Site

Novos serviços WMS para a obtenção de mapas

A partir da versão 2025.b, o Open BIM Site permite obter mapas através de serviços WMS provenientes das seguintes fontes de dados:

  • Espanha
    • Institut Cartogràfic i Geològic de Catalunya - Topografia territorial.

CYPECAD

Implementação de normas

A versão 2025.b do CYPECAD inclui a implementação de um grande número de normas de betão, vento e sismo. Na secção "Implementação de normas e melhorias na sua aplicação" das novas funcionalidades da versão 2025.b, é possível consultar as normas incluídas em todos os programas da CYPE nesta versão.

No CYPECAD foram incluídas:

  • Estruturas de betão
    • NTC-2023 (México CDMX)
    • Normas para a verificação de nós de betão:
      • NTC-2023 (México CDMX)
      • NTE E.060:2009 (Perú)
      • CIRSOC 201-2005 (Argentina)
      • NCh430. Of2008 -Dº60:2011- (Chile)
  • Estruturas de aço laminado e composto
    • NTC-2023 (México CDMX)
  • Ações nas estruturas. Vento
    • NTC-2023 (México CDMX)
  • Ações nas estruturas. Sismo
    • NTC-2023 (México CDMX)
    • NBDS-2023 (Bolivia)

Recobrimentos específicos para cada pano de laje

Na versão 2025.b do CYPECAD foi implementada a possibilidade de atribuir aos panos de lajes recobrimentos diferentes dos introduzidos nos dados gerais da obra.

Para o efeito, no separador "Entrada de vigas > menu Lajes > Atribuir recobrimentos", pode ser selecionada a opção "Específicos para o pano".

Esta nova opção foi implementada para todos os tipos de lajes para os quais é possível definir recobrimentos: lajes alveoladas, lajes maciças, lajes de vigotas, lajes mistas e lajes fungiformes aligeiradas.

Na listagem de dados da obra, na secção "Recobrimentos", são indicados os diferentes recobrimentos definidos para os panos de laje.

Verificações para pernos de punçoamento da marca PEIKKO, de acordo com a EOTA

A partir da versão 2025.b do CYPECAD, implementa-se a verificação de punçoamento segundo as especificações EOTA TR-060 (European Organisation for Technical Assessment) para os pernos de punçoamento da fabricante PEIKKO.

Esta implementação implica uma modificação das verificações efectuadas tanto no perímetro crítico como no perímetro exterior da armadura de punçoamento, quando se utilizam parafusos de fabricantes com documentação ETA (European Technical Assessment), como é o caso dos parafusos de punçoamento PEIKKO, o que optimiza a sua utilização e a sua capacidade de resistência em conjunto com a laje.

Verificação da resistência ao fogo com tintas intumescentes de fabricante

Na versão 2025.b do CYPECAD são incorporadas tintas intumescentes de catálogos de fabricantes.

Em "Obra > Dados gerais > Verificar resistência ao fogo", é possível selecionar o tipo de revestimento de proteção para as vigas e pilares metálicos em cada um dos pisos da obra. Ao selecionar "Tinta intumescente", podem ser utilizados os catálogos disponíveis.

A espessura de tinta intumescente necessária para a proteção de cada elemento metálico é obtida a partir do catálogo selecionado, com base na temperatura crítica calculada, no fator de forma, no número de faces expostas e no tipo de elemento estrutural (pilar ou viga).

O fator de forma é calculado a partir da superfície exposta do perfil e da sua área. Para os pilares, considera-se que toda a superfície está exposta. Para as vigas, a área exposta é obtida tendo em conta a sua posição na laje.

Outras melhorias e correções

A versão 2025.b do CYPECAD inclui as seguintes melhorias no programa e correções para determinados casos:

  • O dimensionamento dos pilares foi melhorado. Agora são dimensionados os pilares cujos pisos inferiores tenham sido definidos com os materiais "Betão armado", "Metal", "Madeira" ou "Secção mista" e os pisos superiores tenham sido definidos com material "Genérico".
  • A introdução de cargas predefinidas foi melhorada. Agora, ao selecionar uma carga predefinida, são apresentados os valores com que foi definida.
  • O desenho de vigas foi melhorado. No caso de uma extremidade de viga ter definido " Encastramento parcial", é apresentado o mesmo símbolo sem preenchimento utilizado para as extremidades articuladas.
  • Foi corrigido um erro na inserção de muros de blocos. Este erro podia ocorrer ao inserir estes muros na continuação de um muro de betão.
  • Foi corrigido um erro no dimensionamento de vigas. Este erro podia ocorrer no caso de dimensionamento da armadura de montagem com um número elevado de varões ao ponto de estes se sobreporem uns aos outros.
  • Foi corrigido um erro que podia ocorrer em "L.maciças/Fungif.>Recuperar cópia de armadura de todos os grupos". Este erro poderia ocorrer em raras ocasiões em pavimentos onde lajes nervuradas e pavimentos de laje maciça foram definidos com a armadura longitudinal de um dos tipos de laje rodada 90º em relação à outra.
  • Foi corrigido um erro na discretização dos muros. No caso de certas ligações incorretas de muros a pilares, é apresentada uma mensagem. Atualmente, só é possível visualizar a mensagem durante o cálculo da obra, não sendo possível fazê-lo durante a "Verificar geometria de todos os grupos". Um caso em que este erro ocorre é ao introduzir um pilar com um desnível de apoio de -0,1m, e conectar um muro a esse pilar sem lhe atribuir um plano definido em "Desníveis/Lajes inclinadas" com o mesmo desnível. Em futuras versões do programa, está previsto avisar sobre este incidente antes de iniciar o processo de cálculo.
  • Foi corrigido um erro que ocorria durante o processo de dimensionamento de pilares. Este erro podia ocorrer em determinados casos de pilares sem vinculação exterior que nasçam numa sapata contínua de muro com interação terreno-estrutura.
  • O desenho dos estribos de forma retangular dos pilares circulares foi melhorado. Anteriormente, o desenho destes estribos, apresentado no quadro de pilares, era convertido em estribos de forma quadrada.
  • Foi corrigido um erro que podia ocorrer ao introduzir secções do edifício nos casos em que existia um lance de escadas com apenas um degrau.
  • Foi corrigido um erro que ocorria quando se introduzia secções do edifício em certos casos em que havia escadas definidas com laje horizontal final no último lanço reto.
  • Foi resolvido um erro que podia ocorrer ao dimensionar escadas no caso de ser definido um lanço reto com um degrau com espelho menor ou igual à espessura da laje.
  • Foi corrigido um erro aquando da importação de uma obra a partir de um IFC. O erro podia ocorrer se existissem pilares no IFC mas nenhum deles estivesse corretamente definido.
  • A importação de obras a partir de IFC foi melhorada. Não era possível, desde a versão 2024.d, importar pilares metálicos definidos no IFC devido a um erro de programação causado por outra correção de erro.
  • O desenho das referências dos pilares foi melhorado. No caso de um pilar com " Desnível de apoio ", o valor era apresentado em metros arredondados a múltiplos de 10 cm. Agora, o valor introduzido (sem arredondamento) é apresentado de acordo com as unidades definidas em "Níveis" em "Opções gerais>Opções gerais de desenho".
  • A introdução de ligações de estruturas 3D integradas foi melhorada, permitindo a introdução de ligações com uma distância mínima de 5 cm da ligação mais próxima.
  • A exportação de pilares metálicos para o Open BIM Quantities foi melhorada. Se existissem vários pilares com as mesmas características, estes eram exportados com o seu comprimento multiplicado pelo número de pilares.
  • Foi corrigido um erro que ocorria quando se calculava a deformação no dimensionamento de pórticos de vigas. Este erro podia ocorrer raramente no caso de vãos entre pilares com apoios intermédios.
  • Foi corrigido um erro que ocorria ao rearmar lajes maciças ou lajes nervuradas. Este erro podia ocorrer no caso de serem introduzidos pavimentos de lajes aligeiradas sem camada de compressão ou lajes de vigotas de madeira no mesmo piso.
  • Foi corrigido um erro ao introduzir muros de betão com a opção "Parede resistente" ativada. Este erro ocorria se ao introduzir o muro fosse gerado um novo pano de laje.
  • Foi corrigido um erro que ocorria no processo de cálculo se a opção "Dimensionar as ligações" tivesse sido selecionada sem se dispor das permissões necessárias para dimensionar as ligações.
  • Foi corrigido um erro que ocorria na opção "Vista 3D do edifício" após a eliminação da armadura por tensões tangenciais.
  • Foi corrigido um erro que ocorria quando se selecionava uma obra com a opção "Verificar resistência ao fogo" desativada, ao mesmo tempo que se executava uma das opções de "Resistência ao fogo" numa obra em que a opção "Verificar resistência ao fogo" estava ativada.
  • Foi corrigido um erro que ocorria ao usar o comando "Desfazer" na "Entrada de pilares" se tivesse sido adicionado um piso "sob fundação".
  • Foi corrigido um erro que ocorria em "Envolventes>Deformada". O erro ocorria na opção "Consultar" quando se selecionava outra hipótese ou combinação distinta da que estava a ser visualizada.
  • Foi solucionado um erro que ocorria em "Desenhos" ao clicar no botão " Acrescentar". Este erro podia produzir-se se se tivessem importado para a obra estruturas 3D integradas da CYPE 3D com vistas associadas a níveis. O erro não se produzia se a estrutura 3D integrada importada fosse editada após a importação.
  • O desenho de muros de tensão plana foi melhorado. No caso de o muro ter sido definido com valores diferentes para "Espessura à esquerda" e "Espessura à direita", a armadura não era apresentada centrada.
  • A exportação de elementos da obra para ficheiros IFC foi melhorada. É agora feita uma distinção entre vigas de fundação, vigas lintéis e vigas de equilíbrio. As vigas de fundação são exportadas como "IfcBeam". As vigas de equilíbrio e lintéis são exportadas como "IfcFooting".
  • Foi corrigido um erro que ocorria na "Vista 3D com pormenores". Este erro ocorria em raros casos devido à armadura por tensões tangenciais.
  • A listagem de armaduras das vigas foi melhorada. A opção "Esquema dos varões de armadura e diagramas de esforços" foi dividida em "Esquema dos varões de armadura" e "Diagramas de esforços".
  • O dimensionamento e a verificação dos elementos de fundação foram melhorados. O dimensionamento e a verificação da fundação, em certos casos em que tinham sido definidas fundações de muros com grandes comprimentos, não podiam ser concluídos porque o resultado do cálculo era um mecanismo. Na versão atual, os mecanismos já não se produzem nestes casos.
  • Foi corrigido um erro que ocorria no editor de pórticos de vigas quando se alterava o esquema de estribos. Este erro podia ocorrer se o número de varões longitudinais na armadura superior ou inferior não coincidisse com os do esquema.
  • O desenho de pórticos de vigas foi melhorado. Se os recobrimentos de todos os pórticos de um piso forem os mesmos, são apresentados na tabela de materiais do piso. Se não forem, são apresentados por baixo da referência do pórtico.
  • Foi corrigido um erro que ocorria no dimensionamento de lajes de vigotas. Este erro podia ocorrer em alinhamentos de vigotas de lajes inclinadas com coeficientes de encastramento 0.
  • A aceleração por hardware é agora utilizada no desenho de pórticos, o que significa que em muitos casos, como pórticos com um grande número de vãos, a velocidade do desenho é melhorada.
  • O desenho do arranque de pilares em sapatas foi melhorado. Anteriormente, se o pilar tivesse um revestimento diferente do geral, tal não era tido em conta ao gerar o pormenor de arranque.
  • Foi corrigido um erro que ocorria em "BIMserver.center>Partilhar" com a opção "Quantidades" selecionada. Este erro ocorria no caso de obras em que não se definiam pisos.
  • A exportação de ramos de estribo a 135° e 180° foi melhorada. Anteriormente, verificava-se que um dos ganchos era exportado na direção oposta ao outro.
  • O desenho dos valores de momento e de transverso de lajes de vigotas introduzidas "Por características geométricas" foi melhorado. A partir da versão 2025.b, estes valores são sempre desenhados na direção das vigas, independentemente de ter sido selecionada a opção "Horizontal" na opção " Sentido rótulos".
  • Foi resolvido um erro que ocorria no dimensionamento de vigotas de madeira ou metálicas em alguns casos em que a continuidade das vigotas foi definida entre dois panos que estão em contacto numa área e com outro pano entre eles, noutra área.
  • A introdução de elementos em " Recursos de edição" no editor de pórticos de vigas foi melhorada. Agora é possível capturar a geometria do pórtico.
  • Foi melhorada a visualização 3D e a exportação de estribos de vigas. Agora, são tidos em conta os ramos do tipo "Ramo fechado". Além disso, anteriormente, em alguns casos, os ganchos dos estribos foram gerados na direção oposta à correta.
  • A visualização 3D e a exportação da armadura de muros de tensão plana foi melhorada. Em vários casos, neste tipo de muro, os varões a visualizar e a exportar não eram gerados corretamente.
  • Foi corrigido um erro ao gerar desenhos de pormenorização de pilares. Este erro podia ocorrer se fosse definido mais do que um desenho de pormenorização de pilares.
  • Foi melhorada a visualização de encontros de vigas não ortogonais na vista 3D. Esta visualização estava incorreta desde a versão 2025.a devido a alterações efetuadas para resolver outras situações.

  • A visualização dos encontros de vigas de equilíbrio e de vigas lintéis com sapatas piramidais na vista 3D foi melhorada. Esta visualização estava incorreta desde a versão 2025.a devido a alterações efetuadas para resolver outras situações.

  • A listagem das armaduras das vigas foi melhorada. Se a opção "Esforços" for selecionada, são incluídos os esforços dos pórticos de vigas metálicas e dos pórticos de vigas de madeira.

CYPE 3D

Implementação de normas

A versão 2025.b do CYPE 3D inclui a implementação de normas para estruturas de aço laminado e composto, e acções sísmicas. Na secção "Implementação de normas e melhorias na sua aplicação​", das novidades da versão 2025.b, é possível consultar as normas incluídas em todos os programas da CYPE nesta versão.

No CYPE 3D foram incluídas:

  • Estruturas de aço laminado e composto
    • NTC-2023 (México CDMX)
  • Acções em estruturas. Sismo
    • NTC-2023 (México CDMX)
    • NBDS-2023 (Bolívia)

Ambiente de janelas ancoráveis

A partir da versão 2025.b, o CYPE 3D conta com um novo sistema de janelas ancoráveis que substitui a interface de utilizador do ecrã principal. Desta forma, o utilizador pode personalizar o ambiente de trabalho de acordo com as suas necessidades.

As janelas ancoráveis podem ser deslocadas e redimensionadas. Podem ser flutuantes, ancorar-se numa localização dentro da janela principal da aplicação, ou serem arrastadas para fora desta, ou mesmo movidas para outro monitor.

Nas novidades da versão 2023.e pode encontrar mais informação sobre as Janelas ancoráveis.

Etiquetas. Nova nomenclatura e funcionamento das layers de visualização

Nas versões anteriores, o programa dispunha de layers de visualização. Com a ferramenta "Gestão de layers", o utilizador podia criar layers e definir a sua configuração, e a cada elemento podia ser atribuído um ou mais layers.

A partir da versão 2025.b, esta ferramenta passa a chamar-se "Etiquetas" e será uma das janelas ancoráveis que o utilizador pode manter no ecrã (ver mais informação sobre o novo ambiente de janelas ancoráveis da CYPE 3D versão 2025.b). Esta janela está dividida em várias secções: a lista de etiquetas, a lista de categorias e outras opções de visualização.

Durante a definição e o cálculo do modelo, é frequente os utilizadores precisarem de ocultar ou mostrar certos elementos, bem como ativar ou desativar elementos capturáveis (para apagar, editar, etc.). Esta implementação permite que os utilizadores tenham acesso direto a esta ferramenta. Uma das suas principais vantagens é a possibilidade de ativar/desativar, com um simples clique do rato, a visualização e/ou captura de elementos de acordo com etiquetas ou categorias.

Opções de visualização

A partir da versão 2025.b, a janela "Preferências de desenho", que se encontrava no menu "Obra", passou a ser uma janela ancorável com o nome "Opções de visualização".

Estas opções, que são muito comuns durante a utilização do programa, foram colocadas na interface principal do programa, para permitir o acesso direto do utilizador.

Representação de elementos em 3 dimensões

A versão 2025.b implementa a representação de elementos em 3 dimensões.

Até então, as barras eram desenhadas de forma esquemática como elementos unidimensionais e as placas como elementos bidimensionais.

A partir da versão 2025.b, os utilizadores podem escolher como os elementos são representados, de forma esquemática ou em 3 dimensões. Esta seleção pode ser feita independentemente para cada etiqueta (na nova janela ancorável "Etiquetas" da versão 2025.b).

Quando se seleciona a representação a 3 dimensões, os textos das barras não são representados para melhorar a visualização.

Opção para editar o tamanho dos textos no ecrã

A partir da versão 2025.b, é possível editar o tamanho dos textos apresentados no ecrã, na área de trabalho.

A janela "Opções de visualização" inclui a secção "Tamanho dos textos", onde o utilizador pode variar o tamanho em percentagem, sendo 100% o tamanho predefinido.

Desenho de diagramas de esforços com preenchimento

Na versão 2025.b foi implementada a opção de desenhar os diagramas de esforços com preenchimento.

Na janela "Esforços", ao ativar a nova opção "Desenhar os diagramas de esforços com preenchimento", o desenho dos diagramas de esforços será preenchido com as cores amarela e vermelha, para valores negativos e positivos, respetivamente.

Utilização de aceleração por hardware para o desenho do modelo

A partir da versão 2025.b, o CYPE 3D utilizará a aceleração por hardware para o desenho do modelo. Esta implementação, entre outras vantagens, permite mover o modelo com maior fluidez.

Ferramenta de divisão de panos

Na versão 2025.b do CYPE 3D foi implementada a ferramenta "Dividir panos". Esta ferramenta permite dividir um pano em dois através de uma linha reta.

Para além de dividir o tecido, todas as cargas superficiais associadas ao pano são divididas. Para dividir um pano, é necessário selecionar dois pontos no contorno do pano que definem o segmento de divisão.

Ajuste das cargas superficiais ao modificar a geometria de um pano

Até à versão 2025.b do CYPE 3D, ao mover os vértices de um pano com a ferramenta "Carga > Mover panos", as cargas superficiais associadas ao pano permaneciam na posição original, obrigando o utilizador a mover também as cargas superficiais.

A partir da versão 2025.b, as cargas superficiais serão automaticamente ajustadas à nova posição ou geometria do pano.

Deslocamento automático das cargas superficiais associadas aos panos

Nas versões anteriores, quando os panos eram movidos, rodados ou copiados, as cargas superficiais associadas permaneciam na posição original, obrigando o utilizador a executar estas acções também nas cargas superficiais.

A partir da versão 2025.b do CYPE 3D, as cargas superficiais ajustar-se-ão automaticamente à nova posição do pano.

Eliminação automática das cargas superficiais associadas aos panos

Em versões anteriores, ao eliminar um painel no CYPE 3D, as cargas superficiais associadas permaneciam no modelo, obrigando o utilizador a eliminar também as cargas superficiais.

A partir da versão 2025.b, ao eliminar um pano, eliminam-se automaticamente todas as cargas superficiais associadas.

Listagem de revestimentos ignífugos

Na versão 2025.b do CYPE 3D implementa-se uma nova listagem que mostra os revestimentos ignífugos atribuídos a cada barra.

Desenho das tensões no terreno em placas com módulo de Winkler

Na versão 2025.b do CYPE 3D, implementa-se a representação de isovalores de tensões no terreno em placas que têm atribuído módulo de Winkler no seu eixo z local.

Rótula Plástica Ibarra-Medina-Krawinkler

A partir da versão 2025.b, é possível introduzir rótulas plásticas do tipo "Ibarra-Medina-Krawinkler" no CYPE 3D. Esta rótula permite modelar um comportamento de redução da resistência e da rigidez por plastificação, através de uma curva do tipo Backbone.

Através da opção "Rótulas plásticas" do menu "Barra", é possível definir a posição relativa das rótulas e as suas propriedades, bem como os graus de liberdade de rotação sobre os quais actuam. Até à versão 2025.b, era possível definir rótulas do tipo "Endurecimento elástico linear". A partir de agora, é também possível selecionar o novo tipo "Ibarra-Medina-Krawinkler modificada".

Os dados necessários para definir o comportamento de uma rótula plástica num determinado grau de liberdade de rotação são apresentados na figura seguinte.

No painel de entrada da rótula "Ibarra-Medina-Krawinkler", está disponível uma ajuda para visualizar a curva de comportamento e uma legenda das variáveis utilizadas na curva.

Na visualização dos esforços, as rótulas plásticas que atingiram o momento de plastificação na combinação selecionada são destacadas por um aumento de tamanho e uma mudança de cor.

Tensão de pré-esforço para barras com comportamento exclusivamente à tração

A partir da versão 2025.b, é possível introduzir no CYPE 3D uma tensão de pré-esforço para as barras com comportamento apenas à tração.

Esse valor de tensão pode ser introduzido na janela de descrição de barras.

Seleção por barra ou por retângulo ao mostrar os esforços de uma seleção de barras

A partir da versão 2025.b, ao apresentar os esforços de uma seleção de barras, é permitida, para além de barra a barra, a seleção por retângulo de um conjunto de barras.

Opção para destacar ou não destacar objetos capturados durante a seleção por retângulo

Na versão 2025.b, foi implementada a opção de destacar ou não destacar objetos quando se estar a realizar uma seleção por retângulo.

Esta opção está ativada por defeito. Caso a seleção por retângulo não funcione de forma fluida ao destacar objetos, o utilizador pode desativá-la.

Outras melhorias e correções

  • A opção "Copiar elementos" foi melhorada. Quando um pano é selecionado, todas as cargas superficiais associadas ao pano são copiadas. Anteriormente, apenas eram copiadas as cargas correspondentes às hipóteses visíveis.

  • Foi corrigido um erro que ocorria quando se utilizava a opção "Mover extremo" no menu "Barra" ao selecionar uma barra contida num plano agrupado com outros.

  • A ordem das janelas definida pela opção "Ordenar janelas" do menu "Janela" é guardada.

  • Foi corrigido um erro que podia ocorrer em certos casos particulares ao editar um perfil de uma obra gravada com versões anteriores à 2015.a.

  • Foi corrigido um erro que podia ocorrer quando se exportava uma obra em que existia um perfil com cartelas de comprimento muito pequeno.

  • Foi corrigido um erro de aplicação na vinculação exterior elástica na extremidade de uma placa.

  • A edição do "Processo construtivo" foi melhorada. É agora possível editar os dados de sobrecarga se não tiverem sido definidas hipóteses de sobrecarga e se tiverem sido definidas hipóteses de vento ou neve.

Instalação em alemão

A partir da versão 2025.b, o CYPE 3D também pode ser instalado em alemão. Os idiomas nos quais se pode instalar esta aplicação são agora:

  • Alemão
  • Búlgaro
  • Catalão
  • Espanhol
  • Espanhol da Argentina
  • Espanhol do México
  • Francês
  • Inglês
  • Italiano
  • Polaco
  • Português
  • Português do Brasil
  • Romeno
  • Russo

CYPE Connect / StruBIM Steel

Implementação de normas

A versão 2025.b do CYPE Connect e do StruBIM Steel inclui a implementação de um grande número de normas. Na secção "Implementação de normas e melhorias na sua aplicação​" das novas funcionalidades da versão 2025.b, pode consultar as normas incluídas em todo o software da CYPE, nesta versão.

No CYPE Connect e no StruBIM Steel, incluíram-se:

  • Estruturas de betão (para verificação de ligações a betão)
    • CSA A23.3-14 (Canadá)
  • Estruturas de aço laminadas e compostas (para verificação de ligações de aço aparafusadas e soldadas)
    • Anexos nacionais do Eurocódigo 3 (EN 1993)
      • SLS EN 1993-1-8:2017/NA (Eslováquia)
      • MSZ EN 1993-1-8:2012/NA:2019 (Hungria)
    • ECS-ASD:2001 (Egipto)
    • NSR-10 (Colômbia)
    • NTC-2018 (Itália)
    • NTC-2023 (México CDMX)
    • SNI 1729:2020 (Indonésia)

Nova operação. Relação de contacto

Na versão 2025.b, foi implementada uma nova operação, "Relação de contacto". Esta operação permite a definição de relações de contacto entre superfícies de aço ou entre superfícies de aço e elementos de betão.

Ao aparafusar as placas, estas relações de contacto já são estabelecidas automaticamente pelo programa, tal como na ancoragem de uma placa a um elemento de betão. Esta nova operação permite igualmente efetuar esta operação sem necessidade de acrescentar parafusos ou ancoragens. No modelo de cálculo, são estabelecidas relações não lineares entre os nós da malha das placas, que só funcionam à compressão.

Esta operação é representada na vista 3D por uma superfície de cor verde entre os elementos selecionados na operação. No caso da seleção do contacto entre uma laje e um elemento de betão, será possível selecionar um elemento de betão existente ou um novo elemento definido nesta operação.

Grampos de resistência ao corte

Na versão 2025.b, implementa-se, na operação "Ancoragens", uma opção para incluir grampos de resistência ao corte nas placas de amarração.

Nas placas de amarração, particularmente quando os esforços de corte são significativos e se prefere não os transferir para a fundação através dos pernos, é comum a instalação de um grampo de resistência ao corte. Este elemento consiste num perfil de aço, soldado na parte inferior da placa, embebido na fundação, cujo objetivo é transmitir os esforços de corte diretamente para o elemento de fundação, libertando assim os pernos de transmitirem essa força, passando a trabalhar exclusivamente à tração.

A verificação da resistência do elemento de betão para grampos de resistência ao corte é efetuada através da resistência à compressão nas faces do grampo.

O utilizador deve verificar se o elemento de betão tem a armadura necessária para suportar as forças transmitidas pelo grampo de resistência ao corte.

Plano de referência segundo duas barras

Na versão 2025.b, é implementada uma nova opção de posicionamento do plano de referência: "Segundo duas barras".

Com esta opção, se as duas barras selecionadas estiverem contidas no mesmo plano, o plano de referência será criado no plano formado pelos dois eixos 'x' locais. Quando as barras não estão contidas no mesmo plano, o plano de referência será criado no ponto médio da origem de ambas as barras.

Acesso direto aos elementos e materiais da biblioteca

Nas versões anteriores à 2025.b do CYPE Connect e do StruBIM Steel, a seleção de elementos da biblioteca (secções, materiais, parafusos, pernos, ancoragens…) funcionava com dois botões. Um continha os dados a utilizar e permitia a sua modificação; o outro (representado por três pontos) servia para obter os dados da biblioteca. Este método oferecia a possibilidade de modificar ou editar os dados diretamente, mas uma vez definidos ou importados, não estavam relacionados com a biblioteca, pelo que se fossem feitas alterações na biblioteca, estas não se refletiam nestes elementos. Além disso, a seleção da biblioteca não era direta, abrindo-se um novo painel que obrigava o utilizador a clicar várias vezes com o rato para selecionar um elemento.

A partir da versão 2025.b, a seleção de elementos ou materiais da biblioteca é mais simples e rápida, pois é feita diretamente a partir de uma lista. Inclui-se também um botão de informação que mostra os dados da seleção. Além disso, se os dados forem modificados na biblioteca, são também modificados em todos os elementos que tenham essa seleção.

O valor predefinido de cada opção corresponderá ao primeiro item nas listas da biblioteca. Por exemplo, se um utilizador pretender que o material S275 seja o valor predefinido, no painel "Tipos de aço para perfis e chapas" da biblioteca de materiais, este deve ser colocado na primeira posição da tabela.

As bibliotecas de parafusos e de materiais para parafusos estão divididas em duas bibliotecas, uma para parafusos pré-esforçados e outra para parafusos não pré-esforçados.

A seleção dos tipos de parafusos incluirá também a seleção da categoria, pré-esforçado ou não pré-esforçado.

Apoio parcial de placas de amarração

Nas versões anteriores a 2025.b, as placas de amarração ou os perfis com ancoragens numa das suas faces deviam estar totalmente apoiados em toda a sua superfície.

A partir da versão 2025.b, é permitido calcular ligações em que a placa se apoia parcialmente no elemento de betão.

Novos tipos de pernos com cabeça

São implementados novos tipos de ancoragens com cabeça. Para varões nervurados e varões lisos, é implementada a terminação com placa quadrada ou circular soldada na extremidade. Para os varões roscados, é implementada a terminação com porca de topo e placa, com ou sem contra-porca.

A área da cabeça é tida em conta nas verificações correspondentes e a chapa metálica não é adicionada ao modelo de elementos finitos.

Verificações opcionais para ligações com ancoragens

Na versão 2025.b do CYPE Connect e StruBIM Steel, foi acrescentada à janela "Verificar ancoragens" uma secção com verificações opcionais para ancoragens.

Desta forma, é possível selecionar quais as verificações que devem ser efetuadas no cálculo da ligação.

Esta nova funcionalidade está disponível para todas as normas de betão que estejam implementadas em ambos os programas.

Incorporação de novas ancoragens químicas pós-instaladas da marca HILTI

Na versão 2024.d, as ancoragens químicas e mecânicas da marca HILTI para fixação ao betão foram incorporadas no CYPE Connect e no StruBIM Steel. Agora, na versão 2025.b, o catálogo de ancoragens HILTI foi ampliado com a incorporação das ancoragens químicas pós-instaladas HIT RE-500 V4, com varões roscados HAS-U A4.

A verificação destes elementos é realizada de acordo com os critérios da norma EN 1992-4:2018, com base nos dados fornecidos na respetiva ETA (European Technical Assessment) de cada ancoragem.

Ancoragens químicas e mecânicas da marca RAWLPLUG para fixação ao betão

Na versão 2025.b do CYPE Connect e do StruBIM Steel, foi incorporada a possibilidade de utilizar as ancoragens químicas pós-instaladas da marca RAWLPLUG, como elemento de fixação ao betão, em placas de amarração.

 A verificação destes elementos é realizada de acordo com os critérios da norma EN 1992-4:2018, com base nos dados fornecidos na respetiva ETA (European Technical Assessment) de cada ancoragem.

As fixações pós-instaladas incorporadas na versão 2025.b são as seguintes:

  • Ancoragens químicas
  • Ancoragens de expansão por binário de aperto

Seleção do tipo de barra em pernos pré-instalados

Nas versões anteriores à 2025.b, o programa tinha uma biblioteca de séries de ancoragens e uma biblioteca de materiais de ancoragem. Estas bibliotecas não especificavam o tipo de barra (varão, varão roscado, barra lisa…). As ancoragens com barras em prolongamento reto, gancho de 90° ou gancho de 180° eram diretamente consideradas como varões na verificação pelo programa.

A partir da versão 2025.b, as bibliotecas de ancoragens e de tipos de aço de ancoragem estão divididas em três bibliotecas, uma para varões nervurados, uma para varões roscados e uma para varões lisos. A seleção da ancoragem incluirá também o tipo de barra. O tipo de ancoragem condiciona o tipo de barra selecionado. Por exemplo, não será permitido selecionar varões roscados e ancoragens em gancho.

Esta melhoria orienta a introdução de dados e facilita a seleção de opções compatíveis.

StruBIM Shear Walls

Melhorias e correções

A versão 2025.b do StruBIM Shear Walls inclui as seguintes melhorias e correcções:

  • Foi optimizado o redesenho da vista 3D para localizar a parede resistente selecionada. Isto resolve o problema que ocorria nas versões anteriores quando se selecionava uma parede, especialmente em obras de grandes dimensões, em que o redesenho demorava bastante tempo.

  • Foi melhorada a verificação às solicitações normais. Até agora as unidades eram sempre apresentadas no sistema MKS, agora são apresentadas no sistema correspondente à unidade "Força".

StruBIM Embedded Walls / StruBIM Cantilever Walls

Instalação em mais idiomas

A partir da versão 2025.b, o StruBIM Embedded Walls pode ser instalado em búlgaro, e o StruBIM Cantilever Walls em búlgaro e russo. Os idiomas em que ambas as aplicações podem ser instaladas são agora:

  • Búlgaro
  • Catalão
  • Espanhol
  • Espanhol para Argentina
  • Espanhol para México
  • Francês
  • Inglês
  • Italiano
  • Polaco
  • Português
  • Português para Brasil
  • Russo

CYPECAD MEP

Leitura dos equipamentos de aerotermia

Os equipamentos de aerotermia utilizados no separador "Climatização” aparecem agora no separador "Electricidade”, para que sejam dotados da alimentação elétrica de acordo com as potências dos equipamentos.

Os sistemas de aerotermia que se importam são:

  • Unidade compacta para aquecimento e arrefecimento, sistema monobloc.
  • Unidade interior para aquecimento e arrefecimento, sistema bibloc.
  • Unidade interior para aquecimento, arrefecimento e AQS, sistema bibloc.

Atualização de ícones da barra de ferramentas

Na versão 2025.b do CYPECAD MEP, foram atualizados os ícones do separador “Instalação” na barra de ferramentas da aplicação. Estes novos ícones apresentam uma imagem mais moderna e uma maior resolução, facilitando a identificação e o uso das várias ferramentas disponíveis. 

Menus flutuantes de ferramentas

Foram implementados menus flutuantes de ferramentas para os botões desdobráveis da barra de ferramentas, da mesma forma que foi realizado em versões anteriores para outras aplicações. Na novidade “Menus flutuantes de ferramentas” da versão 2017.j, pode encontrar informação sobre o funcionamento destes menus flutuantes.

Ferramenta “Medir”

Foi adicionado o botão “Medir” no separador “Edição” da barra de ferramentas do CYPECAD MEP. Com esta ferramenta, é possível medir distâncias, ângulos e superfícies diretamente na “Área de trabalho” da aplicação.

A ferramenta “Medir” oferece uma funcionalidade precisa e fácil de usar, permitindo realizar medições rápidas e exatas sem sair da interface principal do programa. Isto é especialmente útil para verificar dimensiones e ângulos no desenho, assegurando assim que todos os elementos se ajustam às especificações requeridas.

CYPELEC

Maior velocidade de representação de linhas e esquemas

Foi otimizada a velocidade ao redesenhar o esquema unifilar, o que proporciona uma maior eficácia no manuseamento do ambiente de trabalho.

Além disso, qualquer operação de edição de linhas e circuitos elétricos (apagar, copiar…) que implique uma modificação da informação é favorecida por esta optimização.

CYPETEL Systems

Nova obra exemplo: Infraestructura multioperador

Foi incluída uma nova obra “Infraestructura multioperador”.

Esta obra ilustra a conceção de uma infraestrutura de telecomunicações multioperador, segundo a norma UNE 133100-6, apresentando a implantação de redes de telecomunicações num município.

CYPETEL Systems / CYPELEC Electrical Mechanisms

Leitura de mecanismos no CYPETEL Systems

A partir da versão 2025.b é possível fazer a leitura no CYPETEL Systems dos mecanismos de telecomunicações definidos no CYPELEC Electrical Mechanisms.

A presença de mecanismos no projeto requer no CYPETEL Systems uma definição das bases de tomadas na posição espacial onde se encontram.

Para utilizar esta funcionalidade, ao criar uma obra no CYPETEL Systems, será necessário vincular-se a um projeto BIM e importar a contribuição com a informação do CYPELEC Electrical Mechanisms.

Para uma vinculação mais rápida, o CYPELEC Electrical Mechanisms dispõe de um botão de acesso direto ao CYPETEL Systems.

CYPEPLUMBING

Deteção de elementos desligados

Nos separadores "Water Systems" e "Sanitary Systems" do "CYPEPLUMBING", foi implementada uma nova funcionalidade que permite efetuar a revisão dos traçados da instalações quando estas estão a ser concebidas.

Em versões anteriores, esta revisão era realizada no momento de iniciar o cálculo, o que fazia com que a informação dos erros de ligação aparecesse quando já se tinha introduzido todo o traçado da instalação.

CYPESOUND / CYPESOUND CTE / CYPESOUND RRAE / CYPESOUND NRA / CYPESOUND DRAPDE

Agrupamento de aplicações no CYPESOUND

A partir da versão 2025.b, os programas CYPESOUND CTE, CYPESOUND RRAE, CYPESOUND NRA e CYPESOUND DRAPDE são agrupados no CYPESOUND.

Os projetos criados com o CYPESOUND CTE, CYPESOUND RRAE, CYPESOUND NRA e CYPESOUND DRAPDE podem ser abertos no CYPESOUND e o valor do campo "Norma" será ajustado de acordo com o programa de origem.

CYPEFIRE

Requisitos de equipamento PCI em função da superfície total do estabelecimento

Na configuração normativa do CYPEFIRE, cada um dos equipamentos de proteção contra incêndios (extintores, hidrantes, detectores, botoneiras de alarme, etc.) pode ser requerido em função de diferentes parâmetros como a superfície do setor, a altura de evacuação, etc.

A partir da versão 2025.b, o CYPEFIRE passou a ter a possibilidade de exigir qualquer um dos equipamentos em função da superfície total do estabelecimento em que se encontra o setor de incêndio.

As normas existentes também foram atualizadas com esta nova verificação.

Visualização de erros

O CYPEFIRE apresenta os erros de acordo com o nível de gravidade definido no programa, o que permite resolvê-los por etapas, centrando-se apenas numa parte do problema de cada vez.

No entanto, esta não é uma solução vantajosa para alguns utilizadores, pelo que se adicionou a possibilidade de desativar esta opção e mostrar todos os erros da obra em simultâneo. Esta opção encontra-se em "Opções gerais > Opções de cálculo".

CYPEFIRE Hydraulic Systems

Importação de espaços

Foi renovado o processo de importação de um modelo BIM quando a obra está vinculada a um projeto do BIMserver.center.

Agora, os primeiros passos que se realizam no processo de importação são a seleção da regulamentação e a descarga de catálogos de fabricante, de modo a obter uma configuração ótima de todos os elementos necessários para realizar a conceção e o cálculo hidráulico.

Por último, realiza-se a importação dos espaços necessários para realizar o projeto. Para isso, importam-se os espaços do modelo arquitetónico agrupando-os da forma mais fácil para o utilizador de acordo com as diferentes entidades definidas no .ifc.

Uma vez importados todos os espaços, atribui-se o risco equivalente à regulamentação importada. À direita, podem ver-se os espaços com os quais se está a trabalhar no modelo 3D do edifício.

Todos os espaços importados no CYPEFIRE Hydraulic Systems são considerados como espaços sobre os quais deve ser realizada a conceção de proteção contra incêndios, portanto, todos aqueles que não vão ter instalação não devem ser importados. Na leitura de uma obra antiga aparecerá um erro sobre os espaços importados e que não tenham esta instalação, o correto será eliminá-los ou realizar a conceção da instalação hidráulica.

Acessórios. Geração e medição

Foi otimizada a criação e a medição de acessórios (curvas, tês, uniões, ligações em cruz).

Anteriormente, a introdução destes acessórios podia ser feita de forma automática ou manual, introduzindo as perdas nas tubagens correspondentes e, a partir destas perdas, era gerada a medição dos mesmos.

A partir da versão 2025.b, estará disponível a representação 3D de cada um dos acessórios que se encontram disponíveis no painel "Parâmetros de cálculo" e será verificado em cada um deles se o ângulo das tubagens ou o número das ligações estão corretos.

Catálogos genéricos e de fabricantes

Desde versões anteriores, que no menu "Projeto" existe a opção "Gestão de catálogos" para descarregar produtos de fabricantes.

Nesta versão, foram adicionados novos tipos de produtos de fabricantes, das seguintes categorias disponíveis:

  • Sprinklers
  • Tubagens
  • Grupos de bombagem
  • Bocas de incêndio armadas

Para além disso, os catálogos genéricos foram deslocados dentro do mesmo menu para o botão "Biblioteca de elementos genéricos", a partir do qual é possível continuar a incluir os equipamentos que sejam necessários.

Ao iniciar uma obra nova aparece a opção de incorporar o catálogo de alguns dos fabricantes disponíveis. No caso de não descarregar nenhum, a aplicação inclui os catálogos genéricos que faltem para iniciar uma instalação com todos os elementos necessários.

Medição de suportes

A introdução dos suportes para instalação da tubagem tem sido até agora um processo fastidioso de realizar. Desde a versão 2025.b e devido às últimas alterações na aplicação, este processo de medição de suportes necessários é totalmente automático.

É gerido a partir do painel "Gerar a medição de suportes", acessível desde o botão "Opções gerais > Opções para tubagens" situado no ambiente de trabalho.

A partir de agora, a medição dos suportes será gerada de forma automática segundo os diâmetros das tubagens introduzidas e as separações máximas indicadas.

Válvula reguladora de caudal

Na versão 2025.b, foi incluída a possiblidade de introduzir uma válvula reguladora de caudal nas instalações hidráulicas. Este dispositivo atua da mesma forma que a válvula reguladora de pressão existente, mas controla adicionalmente o fluxo de água a jusante da válvula.

O único dado que se deve introduzir no acessório é o caudal limite e o software assegurará que este limite não é ultrapassado, de modo a não fornecer demasiado caudal, por exemplo, em zonas próximas do grupo de bombagem.

Se o caudal que chega até à válvula reguladora não exceder o limite introduzido, o CYPEFIRE Hydraulic Systems apresentará uma mensagem de aviso indicando que, neste caso, não é necessário introduzir a válvula.

Outras melhorias e correções

A versão 2025.b do CYPEFIRE Hydraulic Systems inclui as seguintes melhorias e correções para determinados casos:

  • O ambiente de trabalho principal da aplicação e os painéis de introdução de dados foram revistos e redesenhados para simplificar e otimizar o trabalho dos utilizadores.

  • Foram corrigidos os erros em que determinados elementos desligados da instalação não tinham uma mensagem de erro associada, o que dificultava a sua localização.

CYPEHVAC

Melhoria na definição de condutas de ar e inclusão de catálogos de fabricante

A definição de condutas de ar foi melhorada. Agora, na versão 2025.b do CYPEHVAC, classificam-se em condutas rígidas, condutas semi-flexíveis e condutas flexíveis.

Para as condutas rígidas, é possível selecionar condutas retangulares personalizadas (indicando a largura e a altura), condutas de secção transversal retangular ou condutas de secção transversal circular. Para as condutas semi-flexíveis e flexíveis, é possível selecionar condutas com secção transversal retangular ou circular.

Quando se calcula a obra, o programa verifica se as condutas selecionadas cumprem os critérios de dimensionamento de condutas indicados em "Dimensionamento e verificações". Se, em vez de calcular a instalação, esta for dimensionada, o programa seleciona as condutas com a secção transversal mais pequena que cumprem estes critérios. No caso de condutas rígidas retangulares personalizadas, o programa seleciona a dimensão mais pequena (largura e/ou altura) das dimensões admissíveis da conduta indicadas em "Dimensionamento e verificações".

Desde as versões anteriores, no menu "Projeto", existe uma opção "Gestão de catálogos" para descarregar os produtos do fabricante.

Nesta versão, foram adicionadas condutas rígidas, semi-flexíveis e flexíveis de diferentes fabricantes. Para além disso, os catálogos genéricos continuam disponíveis na "Biblioteca de elementos genéricos", a partir da qual é possível continuar a incluir as condutas que forem necessárias.

Melhoria na definição de uniões entre condutas de ar e inclusão de catálogos de fabricante

A definição das uniões de condutas de ar foi melhorada. Estas são agora classificadas como "por medida" e "catálogo de fabricante".

As uniões por medida são utilizadas principalmente para unir condutas rígidas retangulares à medida, embora também possam ser utilizadas para outros tipos de condutas se não estiverem disponíveis uniões de fabricante.

No catálogo de uniões de fabricante, encontrará as uniões, com as respectivas referências, que cada fabricante dispõe no seu catálogo.

Com a ferramenta "Gerar uniões", que se encontra no menu "Uniões", o programa gera automaticamente uniões de condutas, utilizando a base de dados ASHRAE e escolhendo o catálogo, o material e a seleção das condutas que está a unir. Se as condutas forem condutas rígidas retangulares personalizadas, o programa gera uma união ASHRAE personalizada com as características das condutas. Se as condutas não forem condutas personalizadas, o programa procura no catálogo do fabricante a união a utilizar para unir essas condutas e, no caso de não encontrar a união correspondente, o programa gera uma união ASHRAE que deve ser revista pelo utilizador para indicar o material e a seleção.

Novos catálogos de fabricante com sistemas de aerotermia e geotermia

A partir do botão "Gestão de catálogos", pode descarregar os catálogos dos sistemas de aerotermia da Baxi, Bosch, Daikin, Fujitsu, Midea, Mitsubishi Electric, Saunier Duval e Vaillant.

Nesta versão 2025.b, estes produtos estão disponíveis no botão "Equipamentos" na secção "Aerotermia" da barra de ferramentas, e os sistemas de aerotermia monobloc e bibloc são igualmente propostos.

O catálogo de equipamentos de geotermia da Daikin também foi incluído. O utilizador pode utilizar estes equipamentos na instalação a partir do botão "Bomba de calor água-água" (botão "Geradores" na secção "Climatização por água").

Cálculo da carga de refrigerante adicional em sistemas de aerotermia bibloc

Na listagem "Aerotermia" inclui-se o resultado do cálculo da carga adicional de refrigerante para cada um dos sistemas aerotermia bibloc da instalação, de acordo com as especificações do fabricante selecionado.

Difusores

Na versão 2025.b foi incluída a possibilidade de introduzir difusores de retorno/extração em instalações de condutas, pelo que agora podem ser introduzidos no CYPEHVAC tanto difusores de impulsão como difusores de retorno/extração.

Além disso, é possível descarregar os catálogos de diferentes fabricantes de difusores a partir do botão "Gestão de catálogos". Estes novos catálogos, que foram incorporados nesta nova versão, contêm o 3D com a geometria do difusor, bem como as aberturas e os seus dados de cálculo.

O utilizador pode utilizar estes elementos na instalação a partir do botão "Difusor" na secção "Distribuição do ar".

Grelhas de impulsão e extração

Nesta nova versão, os terminais de ar disponíveis no CYPEHVAC foram ampliados com a incorporação de grelhas de impulsão e extração de ar.

Estes elementos são principalmente utilizados em instalações de ventilação mecânica controlada (VMC).

O utilizador pode incorporar estes elementos na instalação a partir do botão "Grelha" da secção "Distribuição de ar", disponível após o descarregamento do catálogo de um fabricante através do botão "Gestão de catálogos".

Instalação em japonês

A partir da versão 2025.b, o CYPEHVAC pode ser instalado também em japonês. Os idiomas nos quais se podem instalar esta aplicação são agora:

  • Alemão
  • Catalão
  • Chinês
  • Espanhol
  • Francês
  • Inglês
  • Italiano
  • Japonês
  • Polaco
  • Português
  • Romeno
  • Russo
  • Turco

CYPETHERM LOADS

Instalação em japonês

A partir da versão 2025.b, o CYPETHERM LOADS também pode ser instalado em japonês. Os idiomas em que esta aplicação pode ser instalada são agora:

  • Alemão
  • Catalão
  • Chinês
  • Espanhol
  • Espanhol para Argentina
  • Espanhol para México
  • Francês
  • Inglês
  • Italiano
  • Japonês
  • Polaco
  • Português
  • Português para Brasil
  • Romeno
  • Russo
  • Turco

CYPETHERM SCE-HAB Model

Gerador de preços

Atualização de preços e produtos de fabricantes

Gerador de preços para Portugal

A versão 2025.b do Gerador de preços para Portugal inclui atualizações de preços e produtos dos seguintes fabricantes:

DAIKIN
Atualização de preços e ampliação da gama de produtos.

EBARA
Atualização de preços e ampliação da gama de produtos.

GRUPO PUMA
Atualização de preços.

KÖMMERLING
Atualização de preços.

RASAN
Atualização de preços.

UPONOR
Atualização de preços e ampliação da gama de produtos.

VELUX
Atualização de preços.

ZINCO
Atualização de preços.

Geradores de preços para outros países lusófonos

A versão 2025.b dos Geradores de preços para Angola, Brasil, Cabo Verde e Moçambique inclui atualizações de preços e produtos dos seguintes fabricantes:

DAIKIN
Atualização de preços e ampliação da gama de produtos.

EBARA
Atualização de preços e ampliação da gama de produtos.

KÖMMERLING
Atualização de preços.

UPONOR
Atualização de preços e ampliação da gama de produtos.

VELUX
Atualização de preços.

Novas instruções para o Manual de utilização e manutenção

A versão 2025.b inclui novas instruções para o "Manual de utilização e manutenção" de unidades de "Obra nova" e "Reabilitação" para os países lusófonos com Gerador de preços (Angola, Brasil, Cabo Verde, Moçambique e Portugal). Estas novas instruções para o "Manual de utilização e manutenção" correspondem às secções:

  • EAP (Estruturas/Metálicas/Perfis estruturais).
  • EFM (Estruturas/Alvenarias/Paredes) (exceto Brasil).
  • RTR (Revestimentos/Tectos falsos em interiores/Contínuos, de placas de gesso laminado reforçado com fibras) (só para Portugal).

Avaliação de Impacte Ambiental - Análise do ciclo de vida

A casa comercial seguinte, incorporada no Gerador de preços para Portugal, fornece as suas "Declarações Ambientais de Produto":

FUNDERMAX

Outras novidades do Gerador de preços

Os Geradores de preços para países lusófonos (Angola, Brasil, Cabo Verde, Moçambique e Portugal) incluem também as novidades que se descrevem seguidamente:

  • Para os Geradores de preços de "Obra nova" e de "Reabilitação"
    • Foi incorporado um novo subcapítulo:
      • XH (Controlo de qualidade e ensaios/Materiais betuminosos).

    • Foram incorporadas novas secções:
      • EAP (Estruturas/Metálicas/Perfis estruturais).
      • EFM (Estruturas/Alvenarias/Paredes) (exceto Brasil).
      • IMZ (Instalações/Domóticas e inmóticas/Componentes do sistema Z-Wave).
      • LCS (Vãos/Caixilharias/Janelas para coberturas planas).
      • UVX (Infra-estruturas no logradouro/Vedações/Módulos de perfis metálicos).
      • XHB (Controlo de qualidade e ensaios/Materiais betuminosos/Misturas betuminosas).
      • XHE (Controlo de qualidade e ensaios/Materiais betuminosos/Betumes e emulsões betuminosas).

    • Foram incorporadas novas unidades de obra nas seguintes secções:
      • ICR (Instalações/Aquecimento, arrefecimento, climatização e A.Q.S./Sistemas de condução de ar).
      • LSV (Vãos/Protecções solares/Portadas).
      • NBL (Isolamentos e impermeabilizações/Isolamentos sonoros/Pavimentos flutuantes).
      • NBM (Isolamentos e impermeabilizações/Isolamentos sonoros/Pavimentos de madeira e laminados).
      • RAP (Revestimentos/De peças rígidas em paramentos verticais/De pedra natural).
      • UMR (Pavimentos/Mobiliário urbano/Pavimentos amortecedores de impactos) (só para Portugal).

    • Foram incorporadas novas opções e realizadas melhorias nas secções. As melhorias incluem uma descrição mais detalhada das propriedades das peças de pedra natural e mais opções na forma de colocação:
      • FAP (Fachadas, divisões e protecções/Fachadas ventiladas/Revestimento exterior de placas de pedra natural).
      • RAP (Revestimentos/De peças rígidas em paramentos verticais/De pedra natural).
      • RSP (Revestimentos/Pavimentos/De pedra natural).

CYPE Cost Estimator

Actualização da base de dados de preços

Foi revista e atualizada a base de preços que a aplicação utiliza para determinar o orçamento da obra.

Os projetos realizados com versões anteriores do programa serão atualizados automaticamente ao abri-los com a versão 2025.b.

Open BIM Quantities

Agrupamentos e cálculo de totais nas tabelas de quantidades

Foi adicionado o campo “Tipo de cálculo” no painel de configuração das “Colunas” com as opções seguintes:

  • Detalhar todos os valores. Esta opção adiciona uma linha por cada elemento que cumpra as condições definidas na “Selecção”. É a opção por defeito e o comportamento que as colunas tinham nas versões anteriores.

  • Agrupar. Agrupa numa linha os elementos que apresentem o mesmo valor para essa coluna.

  • Igualar ao valor mínimo. Obtém o valor mínimo do parâmetro associado à coluna para cada um dos elementos selecionados na linha.

  • Igualar ao valor máximo. Obtém o valor máximo do parâmetro associado à coluna para cada um dos elementos selecionados na linha.

  • Calcular o valor total. Soma os valores do parâmetro associado à coluna para cada um dos elementos selecionados na linha.

Para gerar linhas de subtotal, foi adicionado o campo “Subtotal” no painel de configuração das “Colunas”. Ao marcá-lo, é adicionada uma linha de subtotal na tabela cada vez que o valor da coluna altera.

No painel de configuração da “Tabela de quantidades”, foi adicionada a opção “Total”. Ao marcá-la, é adicionada uma linha de total no final da tabela.

Variáveis na referência das unidades de obra

A partir da versão 2025.b, o Open BIM Quantities permite utilizar variáveis nas “Referências” das unidades de obra, de forma semelhante à que se utiliza em outros campos como “Linha de detalhe” ou “Etiquetas”.

Note-se que, ao alterar a referência das unidades de obra, os códigos também precisam de ser diferentes.

O Open BIM Quantities gere isso automaticamente ao “Atualizar a medição” no separador “Orçamento”. Será utilizado como código base o “Código” indicado para a “Unidade de obra” na “Regra de medição”, adicionando um sufixo para cada referência diferente.

Condição “existe” nas regras de medição

Foi adicionada a condição “existe” na configuração de “Selecção” de uma “Regra de medição”. Ao utilizar esta condição, verifica-se apenas se o “Parâmetro” existe no modelo BIM, sem realizar verificações sobre o seu conteúdo.

Ao contrário das restantes condições disponíveis, ao selecionar “existe” não é necessário indicar um “Valor” associado.

Aviso de erros nas fórmulas do separador “Medição do modelo BIM”

A partir da versão 2025.b, o Open BIM Quantities realiza uma verificação automática da sintaxe das fórmulas utilizadas na definição das “Unidades de obra” de uma “Regra de medição”.

Esta verificação realiza-se quer na janela de configuração de um “Conjunto de regras de medição” quer na árvore de “Entidades” do separador “Medição do modelo BIM”.

Se for detetado um problema na sintaxe de uma fórmula, a aplicação apresenta um aviso detalhando a natureza do erro.

Esta funcionalidade ajuda a identificar e corrigir rapidamente erros nas fórmulas, assegurando a precisão e consistência dos cálculos das medições do modelo BIM.

Opção “Atribuir código de capítulo” ao atualizar as unidades de obra das regras de medição

Na versão 2025.b, a janela “Conjuntos de regras de medição” inclui uma nova opção ao utilizar a função “Atribuir todos” de um “Banco de preços”.

Agora é possível indicar se se deseja atribuir os códigos do capítulo do banco aos recursos das regras de medição.

Ao premir o botão “Atribuir todos”, aparece uma janela com a opção “Atribuir código de capítulo”. Se esta opção for desmarcada, serão mantidos os códigos de capítulo originais do conjunto de regras de medição em vez de atribuir os novos códigos do banco de preços.

Esta ferramenta proporciona maior flexibilidade e controlo sobre a organização e estrutura dos capítulos nos projetos, permitindo aos utilizadores manter a sua própria codificação ou adotar a do banco de preços de acordo com as suas necessidades.

Aplicações com o separador orçamento

Nova listagem "Orçamento (Tabela)"

Foi adicionada uma nova listagem chamada “Orçamento (Tabela)” às “Listagens do orçamento” disponíveis a partir da barra de ferramentas do separador “Orçamento”.

Esta listagem apresenta todos os recursos definidos no projeto numa tabela que inclui as colunas seguintes:

  • Código
  • Descrição
  • Ud
  • Quantidade
  • Preço
  • Importância

Visibilidade das colunas "Preço" e "Importância"

A partir da versão 2025.b, o Open BIM Quantities permite configurar a visibilidade das colunas “Preço” e “Importância” em várias janelas, incluindo a tabela do “Orçamento”, a “Base de dados do projeto” e os “Bancos de preços”.

Esta configuração realiza-se a partir da opção “Colunas” do grupo “Visualização da barra de ferramentas. Os utilizadores podem optar por ocultar ou mostrar estas colunas de acordo com a necessidade, possibilitando assim uma interface mais personalizada e focada na informação relevante para cada tipo de projeto.

Esta funcionalidade é particularmente útil para a realização de medições sem preços.

Pormenores construtivos

Novo módulo de pormenores construtivos. Sistemas urbanos de drenagem sustentável

A CYPE continua a apostar pela incorporação no Gerador de preços de novos módulos de pormenores construtivos, especialmente os relativos a soluções sustentáveis. Perante a crescente procura deste tipo de soluções por parte dos nossos utilizadores, implementamos nesta versão 2025.b o novo módulo Sistemas urbanos de drenagem sustentável (SUDS), onde pormenorizamos aqueles elementos construtivos que ajudam a conseguir uma adequada gestão da água da chuva em todos os tramos do seu percurso.

  • Controlo em origem, através da intercetação e detenção da água quando chega à superfície urbanizada através da utilização de diferentes soluções: pavimentos permeáveis contínuos, pavimentos permeáveis descontínuos ou pavimentos desagregados e vegetais.
  • Abrandamento e condução da água pluvial o mais lento possível, através da utilização de valas drenantes, células de drenagem ou módulos de drenagem.
  • Armazenamento da agua através da utilização de balsas ou depósitos associados a edificações contíguas, que recebem e armazenam a água que lhes chega da cobertura.
  • Infiltração no terreno da agua da chuva através da utilização de valas, poços, caldeiras de árvores ou depósitos de infiltração.

Este módulo está disponível para todos os países que possuem Gerador de preços.

Todos os módulos de pormenores construtivos permitem aos programas "Pormenores construtivos", "Gerador de preços", "Geradores de orçamentos" e "Arquimedes" gerar pormenores construtivos minuciosamente adaptados à seleção de parâmetros realizada no Gerador de preços. Os pormenores gerados podem ser imprimidos e exportados a ficheiros de diferente formato (HTML, PDF, RTF e DOCX) para que possam ser adicionados ao projeto que se está a realizar. Além disso, os programas Pormenores construtivosGeradores de orçamentos e Arquimedes permitem exportar os pormenores a DXF e DWG.

A maioria dos pormenores construtivos do módulo "Sistemas urbanos de drenagem sustentável" está disponível quando o tipo de obra selecionado nos programas Gerador de preços, Pormenores construtivos e Arquimedes é "Espaços urbanos". No entanto, o referido módulo também inclui alguns pormenores para o tipo de obra "Obra nova".

Seguidamente especificam-se as unidades de obra que possuem pormenores construtivos de "Sistemas urbanos de drenagem sustentável" organizadas por tipo de obra (Espaços urbanos, Obra nova):

  • Espaços urbanos
    • MPD010. Pavimento contínuo drenante, à base de resina epóxi.
    • MPD020. Pavimento drenante para enchimento de caldeira de infiltração de árvore, à base de resina epóxi.
    • MPD021. Caldeira de infiltração de árvore.
    • MPD025. Cobrimento protector e drenante de anel perimetral de tronco de árvore.
    • MPD200. Pavimento drenante, com grelha alveolar e inerte.
    • MPD210. Pavimento drenante, com grelha alveolar e relva.
    • NGL020. Impermeabilização do terreno com tela de polietileno.

  • Obra nova e Espaços urbanos
    • AUP030. Poço de infiltração, com geotêxtil.
    • AUZ030. Trincheira de infiltração, com geotêxtil.

Novos pormenores construtivos de "Isolamento sonoro" no módulo "Sistemas de isolamento"

A versão 2025.b inclui mais pormenores construtivos no módulo "Pormenores construtivos. Sistemas de isolamento". São incorporados novos pormenores construtivos de isolamento sonoro para: Pavimentos flutuantes e Pavimentos de madeira e laminados. Os referidos pormenores estão disponíveis nas seguintes unidades de obra quando o tipo de obra selecionado é "Obra nova" ou "Reabilitação":

  • Pavimentos flutuantes
    • NBL050. Isolamento sonoro a sons de condução aérea e de percussão de pavimentos flutuantes, com lâminas viscoelásticas.
  • Pavimentos de madeira e laminados
    • NBM050. Isolamento sonoro a sons de percussão e de percussão sob pavimentos de madeira e laminados, com lâminas viscoelásticas.
    • NBJ012. Isolamento sonoro do perímetro de elementos estruturais de madeira, con banda dessolidarizadora.